in , , , , , , ,

Empresa de Sorocaba cria solução para impactar vendas por delivery

Ação disponibiliza, de graça, sistema de gestão e aplicativo para delivery e entrega

Aplicativo está à disposição de todos os estabelecimentos ligados ao food service. Foto: divulgação

 

12/04/2020 – A quarentena exigida para evitar a disseminação do coronavírus (Covid-19) afeta diretamente alguns segmentos, entre eles o de food service – mercado de alimentação fora do lar. Pensando em minimizar os impactos negativos, a KCMS está disponibilizando, de graça, um sistema de gestão e aplicativo para delivery e entrega.

Além de ser isento de taxas, a ferramenta criada pela empresa de Sorocaba possui um sistema de ponto de venda que funciona em PC, tablet e smartphone, tudo aliado a uma plataforma na nuvem com inteligência artificial e dashboards – painéis que possibilitam o monitoramento dos resultados, mostrando métricas e indicadores importantes para alcançar objetivos e metas traçadas.

O empreendedor Kerler Chaves explica que o aplicativo está à disposição de todos os estabelecimentos ligados ao food service, como bares, restaurantes, cafeterias, docerias, panificadoras, hamburguerias, entre outros.

Ele ressalta que o propósito é ajudar as micro, médias e pequenas empresas neste momento de crise causada pela pandemia do coronavírus. “Criamos um plano totalmente de graça, pois queremos colaborar e contribuir para manter vivo o segmento de food service”, afirma.

Para saber mais sobre a solução da KCMS, inclusive como solicitar o aplicativo e utilizá-lo, basta acessar ao site, clicando aqui.

APOIO DO PTS

Prestes a completar 22 anos de atuação no mercado, a KCMS desenvolve soluções em softwares para o food service. Emprega, atualmente, 40 pessoas de forma direta e outras 50 de maneira indireta, como parceiros e terceiros.

Conforme Kerler Chaves, o apoio do PTS (Parque Tecnológico de Sorocaba) é imprescindível, sobretudo na divulgação da solução em seus canais de comunicação e no compartilhamento da informação de diversas maneiras. “O trabalho que o PTS realiza, como um todo, é essencial para o fomento do empreendedorismo da região”, acrescenta.

Por sua vez, o presidente do Parque Tecnológico, Roberto Freitas, comenta que é importante que os empreendedores não cruzem os braços na crise. “Este momento vai passar”, atesta. “É preciso que nos reinventemos e busquemos maneiras de minimizar os impactos que o coronavírus trará à economia. A iniciativa da KCMS vai justamente a este encontro.”

 

Fonte: Assessoria de Imprensa/Prefeitura de Sorocaba

O que você achou?

Escrito por CidadeSorocaba

Planos de saúde manterão atendimento de inadimplentes

Coronavírus: Santa Casa de Sorocaba recebe 50 novos leitos