in , , , , , , , , , ,

Calamidade pública: comércio de Sorocaba deve fechar

A medida obriga o fechamento do comércio de uma maneira geral, incluindo shoppings, bares, teatros, casas de shows, festas e eventos. Foto: Assessoria de Imprensa/Prefeitura de Sorocaba

Prefeita assinou decreto com medidas restritivas devido ao coronavírus

A prefeita Jaqueline Coutinho decretou, na noite de sábado (21), Estado de Calamidade Pública em Sorocaba para fins de prevenção e enfretamento da pandemia do coronavírus (Covid-19). O decreto está afixado no átrio do Paço Municipal e as medidas restritivas nele contidas começaram a valer a partir de sábado (21). Uma das principais medidas do decreto é a determinação do fechamento geral do comércio, incluindo os shopping centers.

A decisão de editar o decreto foi tomada durante reunião emergencial do Comitê de Avaliação e Enfrentamento do Coronavírus, ocorrida no final da tarde deste sábado, no gabinete da prefeita, no Palácio dos Tropeiros Dr. José Theodoro Mendes.

Medidas reforçam a postura de enfrentamento da pandemia. Foto: Assessoria de Imprensa/Prefeitura de Sorocaba

A medida obriga o fechamento do comércio de uma maneira geral, incluindo shoppings, bares, teatros, casas de shows, festas e eventos. Restaurantes e lanchonetes só poderão operar no sistema de delivery. Missas e cultos de qualquer denominação religiosa também estão suspensos. Serviços de saúde serão mantidos, assim como farmácias, supermercados e postos de combustíveis, feiras livres, padarias, postos de vendas de água e gás, além de pet shops.

As Casas do Cidadão e o Paço terão o funcionamento suspensos a partir da próxima terça-feira, dia 24, mantendo apenas o funcionamento essencial.

O decreto assinado pela prefeita Jaqueline Coutinho também prevê a suspensão, por 90 dias, da cobrança da tarifa social de água, assim como os protestos de títulos da Prefeitura.
Na última sexta-feira, a prefeita já havia anunciado uma série de medidas visando o enfrentamento da Covid-19 no município, em complemento à decretação do Estado de Emergência anunciado já no dia 13. Devido ao quadro de evolução dos casos de contaminação no país e de casos suspeitos na cidade a prefeita entendeu que era o momento de se decretar o Estado de Calamidade Pública.

Para ler o decreto completo, clique aqui.

Com informações da Assessoria de Imprensa da Prefeitura de Sorocaba

O que você achou?

Escrito por CidadeSorocaba

Coronavírus: Sorocaba registra duas mortes suspeitas

Governo restringe entrada de estrangeiros no país