in , , , , , , ,

Centro de Mídias SP estreia novo canal Educação Especial

Equipe pedagógica da Seduc-SP apresentou as pautas e trilhas formativas que vão compor a programação do novo canal

– 24/08/2021 – Compartilhe! Foto: Divulgação

Uma escola inclusiva é o mote do novo canal do Centro de Mídias SP (CMSP), que estreou nesta terça-feira (24). O canal Educação Especial é voltado à formação dos profissionais da rede pública estadual e tem o objetivo principal de apoiar e aprimorar práticas docentes desenvolvidas na educação especial.

“O canal da Educação Especial é sem dúvida um marco para a educação do nosso Estado. É uma valiosa ferramenta que ofertará aos professores e demais profissionais da educação novos conhecimentos perante as especificidades dos estudantes a fim de contribuir com quebras de paradigmas e fomentar a cultura inclusiva”, avaliou Doani Emanuela Bertan, professora bilíngue de português e libras, finalista do prêmio Global Teacher Prize 2020, que hoje faz parte da equipe da Secretaria da Educação do Estado de São Paulo (Seduc-SP).

O canal é aberto a todos os profissionais da rede estadual de ensino que quiserem se apropriar dos temas desenvolvidos na Educação Especial, uma vez que toda a escola precisa ser inclusiva. Porém o foco é o desenvolvimento de habilidades no ensino e na aprendizagem dos estudantes elegíveis aos serviços da educação especial. A participação de docentes especializados na área será obrigatória.

Entre os temas abordados pelo canal Educação Especial, onde haverá ATPC e demais ações formativas na área,  estão a surdocegueira, a superdotação, o livro acessível e sala de leitura, professores surdas da rede, bate-papo com professor autista da área, participação das PCNP abordando temas relevantes a área da educação especial, ensino colaborativo e desenho universal para aprendizagem.

Sobre o CMSP

O Centro de Mídias SP é uma plataforma de aulas mediadas por tecnologia que foi implementada em abril de 2020 Seduc-SP. Pelo aplicativo, os estudantes têm acesso às aulas em tempo real, interagem e tiram dúvidas com os professores das suas turmas, que também podem transmitir aulas pela plataforma.

O que você achou?

Escrito por CidadeSorocaba

Uniten disponibiliza mais cinco cursos gratuitos de qualificação profissional

Robótica Paula Souza anuncia finalistas da primeira edição do Hackaduino