in , ,

Coronavírus: SP não notifica casos confirmados com sintomas leves

Estado diz que orientação veio do Ministério da Saúde. Quem testa positivo, mas apresenta sintomas leves, fica de fora das estatísticas oficiais do governo

Cerca de 17 mil pessoas com suspeita de coronavírus aguardam o resultado do exame no estado. Foto: divulgação

 

08/04/2020 – A Secretaria de Saúde de São Paulo vem notificando apenas casos graves e em profissionais da saúde do novo coronavírus. De acordo com informações do portal G1, o Estado segue orientações repassadas a hospitais e postos de saúde. Com isso, pessoas que testaram positivo para o covid-19, mas apresentaram apenas sintomas leves, ficam de fora das estatísticas oficiais do governo. A Secretaria disse que está alinhada com o Ministério da Saúde. O portal G1 divulgou o trecho de um e-mail encaminhado para unidades de saúde de São Paulo, que pede que sejam notificados apenas casos graves da população em geral e todos os casos em agentes de saúde.

Portal G1 divulgou o trecho de e-mail encaminhado para unidades de saúde de São Paulo. Foto: reprodução/G1

O portal G1 afirma que o Ministério Público de Contas do Estado pediu que o governo registrasse em sistema todos os casos confirmados da doença, sejam eles de pessoas que apresentam sintomas graves ou leves. Na última quinta-feira (02), segundo o G1, a Promotoria de Direitos Humanos do Ministério Público do Estado de São Paulo instaurou inquérito civil com o objetivo de apurar a orientação de que apenas casos graves devem ser registrados no sistema.

Estado tem cerca de 17 mil exames suspeitos na fila

Cerca de 17 mil pessoas com suspeita de terem sido infectadas pelo novo coronavírus aguardam o resultado de seus exames no estado de São Paulo, informou na terça-feira (07) o secretário estadual da Saúde, José Henrique Germann.

Segundo o secretário, a demora para processar os testes se deve pela falta de insumos. “Existe uma dificuldade da aquisição de insumos para a realização desses exames. Uma das remessas que estávamos esperando e comprando não conseguiu chegar até agora, deve chegar nos próximos dias. Isso interfere, de certa maneira, no número de exames”.

O secretário disse que, quando esses exames forem processados, isso deve aumentar bastante o número de pacientes confirmados para covid-19, doença causada pelo novo coronavírus, mas não tanto o de óbitos. “Vamos ter um degrau no número de pacientes confirmados e, em menor número, no de óbitos. O número de óbitos com exames a confirmar é muito pequeno. Então não vai interferir significativamente no de óbitos”, explicou Germann.

 

Fontes: Agência Brasil e portal G1

O que você achou?

Escrito por CidadeSorocaba

Coronavírus: Sorocaba anuncia medidas de enfrentamento

CRAS e Cerem começam atender por WhatsApp em Sorocaba