Para a maioria das pessoas, o conceito de amor próprio é uma teoria exagerada e muitas vezes ignoram sua importância. As pessoas buscam a perfeição e o perfeccionismo é considerado um ativo ou atributo maior do que o amor próprio.

Quando falamos de amor próprio, é fácil imaginar alguém lendo livros de autoajuda ou abraçando uma árvore, mas o amor próprio é muito mais que isso.

A sociedade moderna é moldada de tal forma que somos obrigados a competir constantemente uns contra os outros, ou até a nós mesmos.

Estamos sempre tentando alcançar nossos objetivos de curto prazo e tentando nos aperfeiçoar para corresponder às expectativas que nos são impostas pela sociedade.

Como consequência, acabamos sendo muito duros demais com a gente, mesmo sem perceber.

O amor é a única coisa que nos mantém em movimento e nos torna menos robóticos em um mundo que exige que trabalhemos, pensemos e agimos como se fossemos robôs programados.

Todos precisam de amor e gastamos a maior parte de nossa energia em amar os outros, seja amigos, cônjuges, filhos ou família.

Nós todos gostamos de espalhar o amor, mas a questão é: nós produzimos o suficiente para nós mesmos?

Nem sempre podemos esperar confiar apenas em fontes externas de amor e, é aí que entra o conceito de amor próprio. Uma pessoa que pratica o amor próprio nunca precisará depender dos outros para ser feliz e, é um sentimento de poder ser feliz por dentro.

Auto amor não é ser egoísta, é apenas se colocar em primeiro lugar e não ser muito duro consigo mesmo. Então, da próxima vez que você ouvir aquela vozinha em sua cabeça dizendo que você não é bom o suficiente ou que não pode se dar ao luxo de cometer erros, somente ignore isso.

Quando nossos entes queridos cometem um erro, muitas vezes os perdoamos facilmente, mas quando cometemos um erro, muitas vezes somos muito duros com nós mesmos.

O primeiro passo do amor próprio é perceber que somos apenas humanos e não há problema em cometer erros, não há problema em perder às vezes, não há problema em não ter o melhor dia, semana, ou mês e até mesmo o pior ano.

Tudo o que precisamos fazer é nos amar e deixar as coisas negativas passarem, eventualmente, as coisas mudarão e os maus momentos passarão.

 

O amor próprio é fundamental

O amor próprio tem muitos benefícios, o primeiro benefício é uma maior satisfação com a vida. Quando nos amamos mais, instantaneamente mudamos nossa perspectiva sobre o mundo. O amor próprio pode nos dar uma atitude mais positiva em relação à vida.

O segundo benefício do amor próprio é que ele pode nos encorajar a aprender bons hábitos.

Auto amor significa amar seu corpo, alma e mente.

Portanto, as pessoas que se amam frequentemente se abstêm de fazer coisas que terão impacto na tranquilidade delas. Assim, pode nos ajudar a adaptar hábitos saudáveis.

Outro benefício importante do amor próprio é uma melhor saúde mental.

As pessoas que se amam são menos propensas a sofrer de ansiedade ou depressão.

O amor próprio também abre o caminho para uma mentalidade positiva, que é um ingrediente essencial para o sucesso na vida e para o bem-estar mental.

Aprender a amar a si mesmo também reduz o estresse, diminui a procrastinação e o deixa mais focado no trabalho.

Coloque-se um pouco mais alto na sua lista de prioridades, pense bem em si mesmo como o mundo leva você em sua própria estimativa. Se você teve um longo dia de trabalho, volte para casa e faça uma longa pausa.

Considere-se importante também, amar a si mesmo tanto quanto ama seus amigos e familiares. Felicidade e amor próprio estão interligados e, todos nós merecemos ser felizes.

Portanto, não devemos nos esforçar para sermos perfeitos, ao contrário, devemos nos esforçar para amar a nós mesmos e transmitir o amor aos outros.

O amor próprio é a chave para a felicidade e a pessoa que está feliz está em uma posição muito melhor para alcançar o sucesso em todos os aspectos da vida.

Você é importante

Essas palavras significam o mundo “Eu te amo”. Seu coração dispara, seu estômago se agita e você finalmente encontra conforto em saber que você é importante.

Não precisa ser de alguém que esta se relacionando afetivamente, pode ser um feedback positivo do seu chefe: “Você fez um ótimo trabalho! ”, ou um amigo: “Você é o melhor amigo que já tive! ”.

Essa sensação de “eu sou importante para alguém” ou de que alguém te ama, te admira e cuida de você é profunda e natural. É bom ter importância, ser importante no mundo de alguém.

O amor incondicional é algo que todos os seres humanos anseiam e, infelizmente, muitas pessoas não o obtêm de sua família de origem.

A maioria das pessoas nunca experimentam o verdadeiro amor incondicional de outra pessoa, o sentimento mais próximo que eles podem ter é o amor de seu amado animal de estimação!

Porque você pode estar carente de amor, e porque é um pouco perigoso deixar o seu estado emocional positivo ou negativo aos caprichos de outra pessoa.

Amar a si mesmo não significa desenvolver uma casca e bloquear o mundo. Isso não significa renunciar a relacionamentos porque você só gosta de estar com você mesmo.

E, embora possa ser tentador para muitos, isso não significa que você só deve ter animais de estimação para o resto de sua vida.

Isso significa ficar confortável com quem você é. Significa reconhecer que alguém que não aprendeu amor incondicional tem dificuldade em dar.

Significa reconhecer que a maioria dos seres humanos se machucam e passam essa mágoa para outras pessoas.

Compreender isso pode ajudá-lo a desviar sua atenção da espera e querer que alguém o torne completo, a perceber que você tem essa capacidade dentro de você.

Não há duas pessoas exatamente iguais.

Mesmo que a genética nos predisponha a certas coisas, cada indivíduo tem seu próprio conjunto de impressões digitais pelo qual elas são conhecidas.

Mesmo gêmeos idênticos, que podem parecer parecidos e às vezes agem da mesma forma, não compartilham impressões digitais. Isso significa que você é verdadeiramente e completamente único.

Cada pessoa faz o que é capaz em sua própria evolução e jornada.

Bater-se porque você fez ou não fez algo é inútil. Somos capazes de superar os obstáculos, ao fazê-lo, cometemos muitos erros ao longo do caminho.

É por isso que infelizmente as pessoas valorizam a idade por causa das experiências de aprendizado! Em vez de bater-se, abraçasse a sua jornada e saiba que você está aprendendo a cada momento dado a você.

Respeite que cada momento é um presente.

Todo mundo conhece alguém que tem um diagnóstico que muda a vida ou notícias que mudaram sua opinião sobre o que é importante.

O autocuidado é importante. Não espere para aplicá-lo. Sim, há muito o que fazer e se preocupar, e no meio disso tudo, cada momento lhe dá a chance de simplesmente parar e perceber seu próprio significado no universo.

Ninguém é perfeito.

Diga isso de novo: ninguém é perfeito! Todo mundo tem pontos fortes e áreas de oportunidade. Não se venda ou compare-se com os outros.

É uma proposta perdedora, há sempre alguém que tomaria seu lugar em um minuto, dadas as circunstâncias. Aproveite o que é positivo sobre você e aproveite.

Pratique amar a auto fala.

Às vezes, as coisas que dizemos a nós mesmos são as coisas mais terríveis e humilhantes que alguém poderia dizer.

Em vez de penetrar em si mesmo como você é péssimo ou usar uma linguagem autodestrutiva, reformule e, use uma linguagem que o edifique e não o derrube.

A jornada não acontece da noite para o dia, comece a dar alguns passos agora para cercar-se de carinho.

Por que o amor de si é fundamental ?

Você diz sim quando você realmente quer dizer não? Você quebra promessas a si mesmo ou negligencia seu autocuidado? É difícil se colocar em primeiro lugar?

Se assim for, é hora de dar a si mesmo o presente mais importante de todos os tempos:

Amor próprio

O amor próprio é sua arma secreta para viver uma vida plena. Isso porque o seu mundo interior cria o seu mundo exterior.

Antes de receber amor e respeito dos outros, você precisa amar e respeitar a si mesmo.

Quando você toma decisões por culpa, uma necessidade de agradar ou para evitar conflitos, você supervaloriza as necessidades dos outros e desrespeita a si mesmo.

Isso transmite, para você e para os que estão ao seu redor, que você aceita muito pouco.

Algumas pessoas igualam o amor próprio ao egoísmo. Mas isso não é verdade.

Quando você pensa assim, fica difícil cuidar bem de si mesmo. Elimine essa crença limitante da sua mente.

Crie uma nova crença que ecoa em seu ouvido: “Não há problema em colocar minhas necessidades em primeiro lugar.” Repita com frequência.

A boa notícia é que quando você se ama totalmente, você alimenta sua alma e se torna a mais alta versão de si mesmo.

É natural cuidar bem do seu corpo, mente e espírito.

O amor gera amor, então você é atraído para dar aos outros. Você tem a energia para dar e, por sua vez, dar energia a você.

Todos se beneficiam. Por mais clichê que pareça, o amor próprio é o dom que continua dando.

E o que é mais importante que isso?

A importância do amor próprio.

O amor próprio é importante por inúmeras razões. Tem um profundo impacto em como nos vemos e como nos tratamos.

Todo mundo precisa de amor próprio. Embora seja ótimo receber o amor dos outros, também é importante praticar o amor próprio diariamente.

O amor próprio permite preencher as lacunas que fontes externas de amor podem deixar.

Ninguém tem uma melhor compreensão de seus pensamentos e necessidades mais íntimos do que você. Mesmo quando você tenta compartilhar com os outros como você se sente, eles podem ter empatia e demonstrar compaixão, mas eles nunca experimentarão a vida da mesma maneira que você.

O número de pessoas que conhecem você melhor do que você conhece provavelmente é muito pequeno, se é que existe.

O amor próprio motiva você a fazer escolhas saudáveis ​​na vida.

Quando você se mantém em alta estima, é mais provável que você escolha coisas que alimentem seu bem-estar e sirvam bem a você.

Essas coisas podem ser na forma de comer saudável, exercitar ou ter relacionamentos saudáveis. Você expressa seu amor por si mesmo fazendo coisas que o ajudam a aparecer na vida como a melhor versão de você.

O amor próprio também é importante quando se trata de estabelecer limites nos relacionamentos.

Ter uma compreensão clara de quais são os seus limites e ser capaz de defini-los, comunica que você se valoriza. Como resultado, você tem mais chances de ter relacionamentos mais satisfatórios.

Por que o amor próprio é tão importante para sua felicidade?

A chave para se amar verdadeiramente é dar a si mesmo aquilo que o eleva, não apenas no momento, mas a longo prazo.

O que é que você realmente quer?

A chave para responder a essa pergunta é ir além dos desejos clamorosos de seu ego e personalidade, que nunca serão satisfeitos.

Em vez disso, o segredo para a sua felicidade final é viajar para a sua alma. Sua personalidade do ego sempre vai querer mais. Quando você compra os sapatos, implora por botas. Infelizmente, o ego sempre quer apenas a próxima coisa.

Mas sua alma pode estar satisfeita.

Amar a sua alma e honrar o seu espírito é, em última análise, a única maneira de amar verdadeiramente a si mesmo. Como você honra seu espírito?

Qual é o desejo do seu coração? É incrível como as coisas mais simples podem trazer a maior e mais profunda felicidade.

Passar tempo com uma criança ou um amigo que você realmente ama pode fazer seu coração inchar de prazer. Aconchegar-se com um cão, gato ou cavalo que seja querido para você pode preencher sua essência com uma sensação de paz profunda e calma.

A música é verdadeiramente a linguagem da alma e uma maneira de se conectar com seu eu profundo e com os outros. Fechar os olhos e ouvir música pode elevar o seu ser a novas alturas.

Em última análise, o que seu coração mais deseja é sentir sua conexão com toda a vida. Para dar e receber amor, para compartilhar sua paixão com os outros. Para inspirar e compartilhar seus dons, isso é o que significa amar a si mesmo.

Amar a si mesmo está indo além de todos os medos que o prenderam até este ponto. Auto amor significa perguntar a si mesmo: “Por que não?”. Quando se trata de ir para o seu sonho e incentivando-se a cada passo do caminho.

Amar a si mesmo é ter a coragem de sentir seus sentimentos, mesmo os que não são tão bonitos, sem julgá-los.

Amar a si mesmo requer prática e uma resolução forte. É a vontade de se levantar quando a vida te joga uma bola curva. Mesmo quando você está sofrendo levantando-se como se você realmente fosse seu melhor amigo.

Te faz lembrar de como você é forte.

Está olhando para os Céus para apoio e sabendo que você nunca está sozinho. Amar a si mesmo é sussurrar em seu coração: “Eu te amo sempre”, enquanto você gentilmente persuade-se a tomar a próxima ação correta no mistério da sua preciosa vida.