in , , , , , , , , , ,

Quer abrir um petshop? Saiba como!

Empreender no negócio pet vai além de amar os animais, é preciso técnica, aprimoração e investimento

04/11/2021 – Compartilhe! Fotos: Julio Salvo

 

Deseja abrir um petshop e trabalhar com animais, mas não sabe como? Entender os passos para iniciar esse projeto é essencial, pois só o amor pelos animais não é o suficiente. Desenvolver o lado empreendedor e o relacionamento interpessoal, além de investir na infraestrutura, no conhecimento e na técnica, são as chaves para um negócio de sucesso.

A groomer internacional e diretora da Uau Escola de Estética Animal, que capacita banhistas e tosadores em Sorocaba/SP, Natália Espinosa, explica que existem vários cursos, conteúdos e workshops gratuitos para aprender e desenvolver o empreendedorismo. “Hoje, nós sabemos que não é necessário ter uma faculdade de administração de empresas para poder abrir um estabelecimento comercial, mas o conhecimento é essencial, principalmente em gestão financeira, gestão de marketing, gestão estratégica e gestão de pessoas. Outro fator necessário para a empresa é o Plano de Negócios. Ele auxiliará o empreendedor na tomada de decisão, planejamento financeiro, contratação de equipe, programação das atividades, capacidade de produção, público-alvo e gerenciamento de crise”, pontua.

Natália afirma, ainda, que a escolha pelo profissional tosador é indispensável para um pet shop. “Às vezes, um pet shop que vende só produtos, como rações, medicamentos e acessórios, geralmente tem uma margem de lucro média de mercado que depende do valor pelo qual os produtos são comprados e por quanto serão revendidos. Isso envolve, ainda, as despesas fixas e operacionais do estabelecimento. Já a prestação de serviços, como o banho e tosa, é altamente lucrativa” afirma. A especialista explica que quando um tutor leva seu pet para o banho e tosa, ele geralmente costuma levar algum produto.

Encontrar bons tosadores para trabalhar, segundo Natália, pode ser considerado um desafio. “Trabalhar com os pets é uma profissão, assim como todas as outras, que requer especialização contínua e tem que ser feita de acordo com a evolução do mercado. Temos dificuldade em contratar mão de obra qualificada, porque uma boa parte das pessoas que realizam os cursos de formação e especialização, querem ter o seu próprio negócio”, afirma.

Mas ela ressalta que investir na equipe é importante para que a empresa tenha sucesso. “Temos que ter em mente que não conseguimos desenvolver o trabalho sozinhos. Se queremos ter uma empresa grande, tanto na qualidade do trabalho, como na questão de faturamento, precisamos de uma equipe cada vez mais bem qualificada para que o cliente seja cada vez mais bem atendido”, pontua. Investir na equipe significar investir na gestão de pessoas do pet shop, como cursos e desenvolvimento de líderes. “Uma equipe super qualificada, motivada e feliz faz com que os números e os resultados da empresa sejam maiores do que a média do mercado”, afirma.

Confira cinco dicas para ter sucesso com o petshop:

1- Aliar o amor aos animais com o trabalho é uma ótima possibilidade de conquistar a realização profissional;

2- Com o desenvolvimento do lado empreendedor, mesmo que às vezes você não tenha nascido para o negócio, gera comportamentos e competências que são importantes para o empreendedorismo;

3- Estudar gestão e administração de negócios é um diferencial, porque há uma porcentagem gigantesca de empresas que abrem e fecham com um ano de funcionamento ou nos três primeiros anos, conforme os dados do SEBRAE, justamente por não haver preparação quanto a gestão;

4- Fazer curso de banho e tosa é essencial, porque você pode aumentar muito a lucratividade do serviço;

5- Estude durante a vida inteira. Isso fará de você um bom líder e um bom gestor, além de estar sempre antenado com o mercado, que evolui muito.

WorkSonho

Para motivar proprietários de petshops, a diretora da Uau Escola, Natália Espinosa, promoveu, na última quinta-feira (29), um workshop para dar dicas e explicar como funciona o mercado pet. Durante o evento, ela destacou as necessidades presentes no ramo, a importância da qualificação profissional e o que os empreendedores devem fazer para garantir sucesso nos seus negócios.

Leandro Araújo, e a esposa Larissa, são proprietários de um petshop e participaram do workshop. Para ele, o ensinamento compartilhado por Natália irá contribuir para a melhoria dos serviços prestados no estabelecimento que gerencia. “Acredito que o workshop abriu nossa mente em relação a gestão financeira. É interessante aprender mais para investir no nosso próprio negócio. Devido a pandemia, as pessoas se apegaram mais ainda aos animais e investem mais neles hoje, então entender mais sobre banho e tosa para aprofundar o investimento é outro fator essencial”, afirma.

Para Natália, o principal benefício de trabalhar com os animais é o prazer de estar com ele todos os dias. “É importante a gente conhecer sobre comportamento canino, porque vamos aprendendo a lidar melhor com eles. Você faz o trabalho e recebe como retorno o carinho do animal. É um trabalho manual, então, de certa maneira, pode ser visto como uma terapia”, finaliza.

Serviço:

O próximo WorkSonho será realizado no dia 28 de novembro, das 13h45 às 17h. As inscrições devem ser realizadas pelo contato: 15 974047030.

O que você achou?

Escrito por CidadeSorocaba

Mutirão nacional de renegociação de dívidas começa hoje

Segunda edição do “Quarta com o Prefeito” realiza cerca de 900 atendimentos a munícipes