Em setembro de 2016 era pouco mais de 90%SAAE – Serviço Autônomo de Água e Esgoto do município acabou com o despejo de cem milhões de litros diários de esgoto no rio Sorocaba, ao tratar quase 100% dos efluentes gerados pelos socabanos –

O trabalho do Saae-Sorocaba contribui com o meio ambiente de Sorocaba e da região, ao impedir que quase todo o esgoto produzido pela população da cidade seja lançado sem tratamento na natureza. Um volume estimado em cem milhões de litros de esgoto, que a cada novo dia seria despejado no rio Sorocaba e em seus afluentes, hoje é recolhido e tratado, para depois ser devolvido ao meio ambiente.

Esses cem milhões de litros de esgoto tratados ao dia correspondem a 96,45% de todo o esgoto doméstico gerado na cidade. Equivale também a aproximadamente 1/6 do volume da água (vazão) do rio Sorocaba, em dias de estiagem.

Rio Sorocaba vai abastecer a cidade

Os trabalhos do SAAE não param por aí. Com a construção de uma nova estação de tratamento no bairro Vitória Regia, em dois anos, a população sorocabana vai começar a beber em suas casas, água de qualidade, retirada diretamente do rio Sorocaba e tratada por moderno processo com o uso de ozônio.

Em 1990 o rio Sorocaba chegou a ser considerado por muitos, um canal de esgoto correndo a céu aberto. Hoje despoluído, e com ciclovia e calçada na maior parte do seu entorno urbano, as margens do rio Sorocaba é ponto de encontro para atividades que estimulam o relacionamento social, a saúde e o bem-estar: pesca amadora, ciclismo, caminhada, corrida.

“É com muito empenho que damos sequência ao processo de despoluição previsto no plano diretor do SAAE. Em dois anos dessa atual administração, com o incentivo do prefeito José Crespo, elevamos em 5% o percentual de esgoto tratado, em relação ao volume total produzido pela nossa população”, comemora o diretor-geral do Saae-Sorocaba, Ronald Pereira da Silva.

Em setembro de 2016 eram tratados 91,49% de todo o esgoto doméstico de Sorocaba e agora, são 96,45%.

Mais obras em andamento 

Há outras importantes obras em andamento ou em prestes a iniciar.

A maior Estação de Tratamento de Esgoto (ETE) Sorocaba 1 (S-1) encontra-se em fase de ampliação, para ser inaugurada em 2020. Ela trata o esgoto gerado pelos moradores da região central, Zona Sul e Zona Leste de Sorocaba, com investimento de R$ 59,2 milhões.

Há outras obras prestes a inciar, dependendo apenas da licitação. Algumas delas são a ampliação da Estação de Tratamento de Esgoto (ETE) Pitico, que receberá o investimento total de R$ 36 milhões e a ETE-S2, com investimento de R$ 28,9 milhões.

Educação Ambiental conscientiza a sociedade

A conscientização da sociedade sobre a preservação do meio ambiente é outra preocupação do Saae-Sorocaba. Desde que assumiu a autarquia no ano passado, o diretor-geral, Ronald Pereira da Silva, é um entusiasta das ações da Equipe de Educação Ambiental do Saae-Sorocaba.

Além de programas fixos onde monitora visitas da população às estações de tratamento de água e esgoto, a Equipe de Educação Ambiental do Saae-Sorocaba atende a população no Centro de Educação Ambiental (CEA), na margem do rio Sorocaba, em frente o Poupa Tempo. A equipe, desenvolve ainda, eventos em empresas, atividades na Prefeitura, inaugurações e campanhas diversas.

O foco é ressaltar a necessidade de preservar o meio ambiente, sempre focando nos recursos hídricos, transmitindo técnicas e incentivando comportamentos que reduzam a geração de poluentes.

Com informações do SAAE-Sorocaba