in , ,

Tudo que você precisa entender sobre Cerveja Artesanal

 

A cada dia que passa as cervejas artesanais conquistam cada vez mais o mercado, atualmente muitos são os bares que reservam espaços específicos para este tipo de cerveja para quem gosta de apreciar novos e exclusivos sabores da bebida. (procurando por cervejaria artesanal Sorocaba ? conheça A Cervejaria)

Está se tornando muito comum pessoas conhecerem diferentes tipos de cerveja e se acostumando com termos como Lager, Ale, Lambic, etc.

Hoje, no Brasil, a maioria das cervejas que são feitas com um processo especial e mais cuidadoso acabam sendo chamadas de cervejas artesanais, na prática, o correto seria chamar essas cervejas de especiais.

Nesse artigo vamos desmistificar e falar tudo o que você precisa entender sobre cerveja artesanal e sobre o conceito de cerveja artesanal e trazer muitas informações a respeito desse tipo especial de cerveja, acompanhe!

 

Afinal, o que é a cerveja artesanal?

 

As cervejas artesanais advém de um processo artesanal mais cuidadoso em sua produção, enquanto as cervejas industrializadas tem por objetivo a produção em grande escala com grandes maquinários.

Em menor escala, a cerveja artesanal é desenvolvida focada em qualidade e diferenciação, o que requer mais cuidado em sua produção que é feita de forma minuciosa acompanhada e controlado pelos produtores.

Observando cada etapa, o mestre cervejeiro, analisa ao final de sua produção se o resultado obtido corresponde as suas expectativas e se agradará o publico.

Além disso, seu processo de produção possui maior lentidão, devido os produtores respeitarem todo o período de fermentação e maturação da cerveja, sem adição de produtos químicos para acelerá-los.

 

Entenda a diferença entre a cerveja ‘normal’ e a artesanal

 

Existem muitas diferenças entre as duas, a cerveja ‘normal’ é a cerveja industrializada, aquelas cervejas famosas conhecidas no mercado, enquanto a as cervejas produzidas com um trabalho manual e diferentes ingredientes em seu processo tratam-se das cervejas artesanais.

Cervejas industrializadas utilizam em média 60% de malte e os 40% restante corresponde à outros tipos de cereais para que o custo de produção seja reduzido.

Logo, a cerveja artesanal é produzida com maior quantidade de malte, e também leva em conta particularidades de sabor e aroma que são preferência dos consumidores.

Além disso, podemos diferenciá-las na questão de que as cervejas artesanais priorizam qualidade, enquanto que as industrializadas buscam quantidade. As industriais possui um tempo de maturação mais curto e rápido e as cervejas artesanais levam períodos maiores para sua produção.

Com essas informações é possível concluir o porquê as cervejas artesanais tem um custo mais elevado do que as industrializadas.

Pelo mundo há mais de 120 tipos de cervejas artesanais. São divididas em três grandes grupos:

  • Cervejas ales: uma cerveja muito encorpada, a mais complexa dentre os três, neste tipo as mais populares são stout, english pale ale, trapista;
  • Lagers: são as mais comuns no mundo, é uma cerveja mais leve com relação aos outros tipos. Com Pilsen, schwarbier e American Lager sendo as mais populares
  • Lambics: com sabores únicos e processos de fabricação demorado estão entre as mais caras do mundo.

Os rótulos nas cervejas artesanais tem motivos comerciais, econômicos e também visuais.

Os rótulos devem possuir informações, com relação os ingredientes, local de fabricação, responsável pela produção, fabricação, validade e outras informações que exige a legislação.

Também é parte essencial para a venda do produto, rótulos são responsáveis por induzir o cliente a comprar o produto.

As cervejas artesanais podem ser produzidas para serem consumidas em cervejarias, que são pequenas cervejarias com instalações que oferece o consumo no local e até o envasamento para consumo em outros lugares.

O que você achou?

Escrito por CidadeSorocaba

Toyota fará investimento de R$ 1 bilhão em Sorocaba

Dicas de segurança contra golpes no WhatsApp